Cromoterapia: os benefícios da terapia das cores e como ela funciona | Zurc Store

Cromoterapia: os benefícios da terapia das cores e como ela funciona

Publicado: 22/05/2020

Conheça a cromoterapia, a terapia das cores, e saiba como utilizá-la para promover a cura.

A aromaterapia e a cromoterapia são práticas que prometem uma série de benefícios mentais, físicos e espirituais. Essas técnicas utilizam o conhecimento acerca do efeito que aromas e cores podem causar em uma pessoa, buscando trazer mais equilíbrio e saúde.

Hoje, vamos falar sobre cromoterapia, uma técnica que, embora seja nova no Ocidente, vem conquistando cada vez mais adeptos.


Leia Mais: Não deixe de conhecer mais sobre a cromoterapia. Clique aqui e descubra os poderosos efeitos dessa técnica.

O que é cromoterapia?

Cromoterapia, ou terapia das cores, é uma prática que utiliza a luz de cores para fazer tratamentos. De acordo com cromoterapeutas, esse método consegue equilibrar as energias do corpo humano e, por isso, proporciona a cura.

Alguns estudos mostraram que as cores podem afetar o ser humano de diversas maneiras, conforme seus graus de luminosidade. Por isso, é normal nos sentirmos mais tristes em dias nublados. Além disso, as cores também têm influência sobre o modo como nos vestimos, a maneira como nos expressamos, nossa vida profissional e pessoal e, até mesmo, em nossa alimentação.

Por meio das cores, podemos encontrar o tal almejado equilíbrio interior. Isso vai depender da consciência que temos acerca de nossas próprias energias e das que estão ao nosso redor. As cores são energias contribuem para um vida mais saudável e cada uma significa algumas coisa. Acompanhe, abaixo, o significado das cores.

Significado das cores

Veja os efeitos que determinadas cores podem exercer sobre as pessoas:

  • Laranja: indicada para tratar constipação, disritmia, doenças da bexiga e problemas renais. Pode aumentar o vigor do sistema nervoso e acelerar o metabolismo dos ossos. Esta luminária de sal do himalaia, quando acesa, produz raios brancos e alaranjados.

  • Amarelo: essa cor é utilizada para tratar a hepatite, doenças do baço e problemas na medula óssea. Também, pode influenciar o sistema nervoso, aumentar a pressão arterial e fortalecer órgãos e ossos. É uma cor utilizada por quem quer se concentrar e realizar trabalhos intelectuais;

  • Índigo: induz ao equilíbrio energético e à intuição. Além disso, auxilia na limpeza e purificação de ambientes;

  • Verde: quem pratica a terapia das cores indica o verde para abaixar a febre, acelerar o metabolismo hepático, cicatrizar tecidos em situações pós-operatórias e combater células doentes. Além disso, também pode trazer mais tranquilidade e induzir ao equilíbrio;

  • Vermelho: cor vitalizadora do sangue, dos tecidos e do sistema esquelético, o vermelho é utilizado para combater o cansaço e o enfraquecimento. Contudo, pode causar perturbação e estímulo excessivo do sistema nervoso e das emoções, acarretando em dores de cabeça e temperamento agressivo;

  • Violeta: utilizada para tratar infecções graves, como sífilis, a violeta também pode combater o mau funcionamento da tireoide, a psoríase a dermatite. É contraindicada em caso de doenças respiratórias. Cor antisséptica, é empregada para regener o sistema nervoso, aliviar o estresse e a fadiga;

  • Rosa: esta cor é responsável por estimular a forma mais pura de amor, sendo muito utilizada pelos adeptos da cromoterapia. Também ajuda a aumentar substâncias que melhoram o humor, como serotonina, por exemplo;

  • Azul: a cromoterapia utiliza o azul principalmente para tratar crianças ou pacientes violentos. É uma cor calmante, refrescante e um pouco anestésica, o que contribui para diminuir a pressão arterial, reduzir a ansiedade, diminuir o estresse, favorecer o sono e o relaxamento e ainda diminuir dores. Confira nossa luminária de calcita azul, para usar no tratamento de cromoterapia. Você pode deixá-la acesa um tempinho antes de dormir para relaxar e pegar no sono mais rapidamente.

Quais os benefícios da terapia das cores?

A cromoterapia é um tratamento que pode apresentar benefícios como:

  • Alívio dos sintomas de determinada doença por meio do significado das cores específicas;

  • Melhora do corpo físico e da mente;

  • Auxílio no tratamento de dores;

  • Diminuição do cansaço físico;

  • Estimulação do sistema nervoso central;

  • Diminuição da insônia.

Devido a quantidade de benefícios, a terapia das cores pode ser utilizada para tratar diversos problemas de saúde ou ser usada como terapia complementar. Contudo, não deve substituir o tratamento indicado pelo médico. Além disso, ela também pode ser utilizada em tratamentos estéticos, nos quais são empregadas lâmpadas coloridas, água solarizada, caneta de cromoterapia, etc.

Cromoterapia e os chakras

O nosso corpo possui centros de energia espalhados por ele, que recebem o nome de chakras. Eles são responsáveis por nosso fluxo energético. Quando ativados, favorecem o equilíbrio em todas as áreas do corpo, incluindo os aspectos físico, mental, espiritual e sexual. O ser humano possui diversos pontos, mas nos atentamos aos sete principais.

A cromoterapia também utiliza o significado das cores dos sete principais chakras como demonstrado abaixo.

  1. Muladhara, o chakra básico: conhecido pela cor vermelha, o Muladhara está localizado na base da espinha dorsal. É  responsável pela região dos órgãos reprodutores, da pélvis e também das pernas;.

  2. Swadhisthana, o chakra sacro: correspondendo à cor laranja, o Swadhisthana fica na região do umbigo e trabalha em nosso poder pessoal, nossas ações e ideias. Também está ligado ao sistema reprodutivo;

  3. Manipura, o chakra do plexo solar: localizado na região do diafragma, o Manipura tem a cor amarela e é responsável pela personalidade das pessoas, além de seu ego e vontades;

  4. Anahata, o chakra cardíaco: o Anahata corresponde a cor verde e está na região central, perto do coração. É um dos chakras mais poderosos, pois unir o lado físico e o espiritual, proporcionando harmonia de modo geral;

  5. Vishuddha, o chakra laríngeo: representa a cor azul e está na região do pescoço (ou garganta). Se responsabiliza pelas expressões da pessoa;

  6. Ajna, o chacra frontal: também conhecido como terceiro olho, o Ajna representado a cor índigo. Ele cuida da mente e da intuição de uma pessoa e se localiza na região das sobrancelhas;

  7. Sahasrara, o chakra coronário: correspondente à cor violeta, o Sahasrara está no topo da cabeça. É o chakra mais importante, pois faz a ligação entre todos os outros. Além disso, também conecta o ser humano ao universo e ao divino.  

Conclusão

A cromoterapia tem tantos benefícios que vale muito a pena experimentar essa prática. Tome cuidado, apenas, para não utilizar as cores de maneira incorreta. Utilize as que você precisa, no momento certo, e desfrute as vantagens da terapia das cores.


Voltar