Autocuidado: o que é, como aplicar e os tipos de autocuidado | Zurc Store

Autocuidado: o que é, como aplicar e os tipos de autocuidado

Publicado: 07/10/2020

Conheça mais sobre as técnicas de autocuidado e o que você precisa saber para praticá-lo

Você já parou para pensar se está cuidando de si mesmo? Não? Bem, a verdade é que, na correria do dia a dia, nem sempre paramos para pensar em nós mesmos, muito menos na maneira em que nos tratamos. Muitas vezes inclusive, colocamos os outros sempre na nossa frente, sem levar em consideração a importância que é prestar atenção no nosso interior e nas nossas necessidades.

Esse ato de olhar para si para poder perceber e compreender suas demandas e limites, qualidades e desafios é praticar o que é conhecido como autocuidado, um hábito extremamente saudável e essencial para o seu equilíbrio físico, emocional e espiritual


O que é e porque o autocuidado é tão importante?

Se você der uma olhada no dicionário, o conceito de autocuidado é sempre algo parecido com um tipo de cuidado consigo mesmo, atenção às próprias necessidades corporais e  mentais. De fato, essa prática perpassa exatamente esse universo de atender às suas demandas do campo físico, mental e psicológico, ou seja, atuar contribuindo para a sua própria qualidade de vida.

Apesar desse conceito parecer egoísta em um primeiro momento, é necessário entender que cuidar de si não quer dizer deixar de cuidar do outro. Com certeza é muito importante ser atencioso e se preocupar com as pessoas queridas a sua volta mas, na verdade, praticar o autocuidado permite que esses atos sejam ainda melhores.

É imprescindível entender que precisamos estar bem para cuidar do outro quando for necessário, afinal, é apenas com saúde e disposição que você poderá exercer esse papel tão importante de auxiliar outra pessoa.  Afinal, o ato do cuidado não precisa ser um martírio, muito pelo contrário, ele pode ser um ato de carinho e de compaixão, desde que estejamos bem o suficiente para dar o nosso melhor ao outro sem tirar de nós mesmos.

Engana-se, porém, quem acredita que os que cuidam de si estão sempre felizes e alegres. Na verdade, o processo de se conhecer e se cuidar perpassa também pelo confronto de seus confortos e desconfortos, aprendendo sempre quando e como agir em relação a eles nas diversas situações que aparecem no decorrer do dia.  

Mesmo sendo tão simples de entender, nem sempre é fácil aplicar o autocuidado em nossas vidas. Isso ocorre porque esse processo envolve adicionar, dentro da nossa rotina,  hábitos e práticas que não estamos acostumados, além de ser uma maneira de confrontarmos os nossos problemas e questões interiores, o que pode ser desconfortável e até mesmo doloroso. 


Uma forma de potencializar esse processo é com o uso de artefatos que estimulem o equilíbrio emocional e te aproxime do seu interior, como a ágata verde. Ela pode ser usada de inúmeras formas, principalmente no formato de adereço, como esse brinco disponível em nosso site.

Benefícios do autocuidado

O autocuidado é importante para todas as pessoas independente do gênero, idade, classe social ou profissão. Ele melhora a forma como você encara o mundo e, consequentemente, como o mundo te encara de volta, ou seja, ele provoca mudanças positivas que refletem em você e nas suas relações com as pessoas à sua volta. 

Para te convencer melhor sobre os reais benefícios dessa prática, preparamos uma lista do que ela pode trazer de bom à sua vida:


  1. Aumenta a autoconfiança e autoestima

Não é surpresa que o autocuidado e a autoestima estão intimamente ligados: não há como praticar o primeiro e deixar de lado o segundo. É fato que autocuidado significa também entender que sempre há necessidade de tirar um tempo para si mesmo, independente das adversidades do dia ou das outras pessoas. 

O que acontece, porém, que é impossível tomar esse tipo de atitude sem ter uma autoestima muito bem trabalhada, afinal, como se concentrar em você mesmo sem se desligar das opiniões alheias? A autoestima é fundamental para que confiemos nas nossas próprias decisões, pois é a partir dela que construímos nosso parecer sobre nós mesmos e, a partir daí, aprendemos a enfrentar o mundo sem medo de demonstrar realmente quem somos e a que viemos. 

Não podemos esquecer também que a autoestima é construída a partir do autoconhecimento, aspecto fundamental para entendermos como e porque agimos e reagimos a determinadas situações, bem como reconhecer e compreender os nossos pontos fortes e fracos. É somente com esse reconhecimento e essa compreensão que podemos então entender que somos sim capazes de enfrentar os desafios diários, sempre com a humildade para reconhecer os nossos erros e limitações.

Todo esse processo culmina no desenvolvimento de uma forte e sólida auto confiança, baseada em uma autoestima bem trabalhada e lapidada pelo autoconhecimento. Assim, esse ato de se conhecer, portanto, se torna um componente importante no cuidado, já que lhe traz a confiança necessária para superar crenças limitantes de incapacidade e do não merecimento.


  1. Melhora a qualidade de vida 

Esse processo de cuidado consigo mesmo traz profundas reflexões. Por isso, ele também permite que você passe a enxergar a vida de novas maneiras, vendo sob uma nova ótica atividades antes consideradas banais ou corriqueiras e buscando romper com a lógica de que a vida é apenas uma sequência de obrigações a serem cumpridas dentro de um prazo.

A tendência é que, a partir do autoconhecimento,você passe a ver a alegria e a felicidade nas pequenas coisas, além de valorizar muito mais os seus momentos de prazer e de relaxamento. 

Isso não significa, porém, deixar de se empenhar para alcançar os seus sonhos e os seus objetivos, mas talvez seja uma forma de enxergar beleza no caminho até eles e de entender quais são os limites dos sacrifícios que deseja fazer para alcançá-los.


Se você quer buscar outras formas de encontrar harmonia, equilíbrio e paz em sua vida, não deixe de conferir nossa linda Luminária de Quartzo Solar. Ela, além de possuir uma beleza descomunal, tem inúmeras propriedades harmonizantes que podem contribuir para deixar a sua vida mais leve. 


  1. Melhora a sua relação com os outros

Como já descrito anteriormente, o autocuidado é um processo que permite o amplo desenvolvimento do seu autoconhecimento e da sua auto confiança. Por isso, uma pessoa que anda em dia com seu autocuidado controla melhor suas emoções, entende bem os seus limites e as suas inquietações.

Tudo isso reflete na maneira como nos relacionamos com outrem: se estamos bem e sabemos o que queremos, sempre vamos atrair pessoas que vibram na mesma vibração que a nossa e que desejam o nosso bem. Pelo contrário, se estamos cercados de dúvidas, inseguranças e medo, acabamos atraindo pessoas e situações que amplificam esses problemas. 

Quem está bem consigo mesmo atrai coisas boas e emana coisas boas e por isso consegue manter em sua vida apenas aqueles que trazem algum acréscimo, seja ele físico, mental ou espiritual.


  1. Diminui gastos com a saúde

O cuidado com si mesmo perpassa a adoção de hábitos e de um estilo de vida mais saudável.Seja com melhorias na alimentação ou com a prática de exercícios físicos, por exemplo, quem pratica o autocuidado está sempre buscando o melhor para seu corpo e para a sua mente.

Não somente isso, quem passa a adotar esse novo estilo de vida também passa a perceber melhor os sinais de seu corpo e, consequentemente, a identificar precocemente quando algo não está bem - além de buscar fazer algo para melhorar assim que possível!


Os 5 tipos de autocuidado

Qualquer coisa que seja saudável e que beneficie sua mente, corpo e / ou alma pode ser considerada um ato de autocuidado e, diferente do que muitos pensam, não é exatamente necessário ter muito tempo disponível em seu dia para isso.

Fato é que não existe um modelo específico do que é o autocuidado e sim uma gama de cuidados que podem ou não ser empregados por você. O que importa é sempre focar em práticas e hábitos que façam sentido para o seu dia a dia e para a sua vida, tendo sempre como foco o bem estar da pessoa mais importante do mundo: você. 

Em linhas gerais, o autocuidado podem ser dividido em cinco tipos principais de acordo com a “área de atuação” do cuidado a ser empregado.


Autocuidado Físico

Talvez essa seja a forma de autocuidado mais conhecida. Ela se consiste no cuidado com o corpo, englobando coisas como a prática regular de atividades físicas e uma alimentação equilibrada, além de cuidados com a estética e bem estar corporal, como tão conhecido skin care.

Ideias para praticar:

  • Faça caminhadas ou corridas ao ar livre;

  • Dance uma música que você goste (ou até mesmo comece a fazer aulas de dança - por que não?

  • Faça um spa caseiro e tome um banho relaxante e desintoxicante;

  • Cozinhe uma refeição nutritiva;

  • Vá dormir um pouco mais cedo e evite passar muito tempo na frente da televisão ou do celular antes de se deitar. Se possível, faça também o uso de chás relaxantes; 

  • Faça yoga e ou meditação;

  • Participe de uma aula experimental e aprenda um novo esporte;

  • Passeie com seus amigos ou com o seu animal de estimação.

Autocuidado Emocional

Apesar da saúde física ser muito importante, nosso corpo funciona como uma engrenagem única e, exatamente por isso, o cuidado emocional é extremamente importante. 

Uma das melhores formas para começar a explorar o autocuidado emocional é entrar em contato com todas as suas emoções, mesmo com a tristeza ou com a raiva, e tentar compreendê-las. É apenas entendendo melhor como se sente que você poderá iniciar o seu processo de autoconhecimento.

Ideias para praticar:

  • Tome nota de seus sentimentos em diversas situações - lembre-se sempre de ser honesto consigo mesmo;

  • Busque refletir e reconhecer o que realmente não está funcionando e o que está dentro do seu alcance para ser mudado;

  • Permita-se chorar (é libertador!);

  • Consulte um terapeuta ou médico quando achar que não pode resolver seus problemas sozinho;

  • Procure expressar os seus sentimentos através da da dança, pintura ou escrita;

  • Contemple a natureza;

  • Exercite a gratidão.

Autocuidado Social

Como já foi dito, o autocuidado está bem distante de ser um hábito egoísta e individualista, afinal, a conexão com as pessoas é extremamente importante para o nosso bem estar físico e psíquico. O ser humano é um ser social, por isso, cultivar relações que tragam frutos e desperte em você a sua melhor versão é imprescindível.

É preciso aprender a se cercar de importante pessoas que te apoiam e se afastar de pessoas que te puxam para baixo ou trazem apenas energias negativas. Além disso, é necessário compreender os seus limites e aprender a dizer não para diversas pessoas e situações que estejam lhe incomodando: permita-se decir o que você quer ou não aceitar, independente do que os outros vão pensar.

O autocuidado social não é só isso, porém. Aprender a oferecer para os outros o que você tem de melhor e praticar diariamente atos de solidariedade e de compaixão é uma de suas principais facetas, afinal, nós só atraímos aquilo que emanamos: basta praticar o bem para atrair coisas boas.

Ideias para praticar:

  • Busque pessoas que te façam rir (pode parecer um clichê, mas rir é realmente o melhor remédio);

  • Cerque-se de pessoas que você gosta, que compartilham de seus ideais e que tragam uma boa energia;

  • Ligue para um amigo ou parente em um dia qualquer, sem marcar data e horário. Reconectar-se com velhos amigos ou entes queridos provoca um intenso sentimento de aconchego;

  • Seja voluntário: ser voluntário pode te proporcionar experiências inéditas e novas formas de ver a vida, além de ser uma maneira de conhecer outras pessoas;

  • Comece a diz sim a convites e oportunidades, às vezes vale a pena dar uma chance ao acaso.

Autocuidado Intelectual

Esse tipo de autocuidado está relacionado ao cognitivo e ao conhecimento. Ele se consiste em exercitar nossa mente, estimulando o pensamento crítico e a criatividade, dando vazão a ideia e ao desejo de aprender e de conhecer mais e mais.

Ele é extremamente importante para manter a sua mente ativa, já que uma mente saudável é sinônimo de um eu saudável.

Ideias para praticar:

  • Aprenda um novo idioma, nunca é tarde para aprender aquele tão sonhado inglês ou francês que você sempre desejou;

  • Busque ler novos livros sempre que possível;

  • Converse e debata com outras pessoas - ouvir o ponto de vista do outro é sempre importante para o nosso crescimento pessoal;

  • Resolva quebra cabeças, palavras cruzadas ou charadas, elas são uma maneira incrível de manter a sua cabeça funcionando a todo vapor;

  • Escute podcasts ou veja documentários no seu tempo livre, nunca é demais aprender mais sobre o mundo em que vivemos;

  • Descubra algo para ensinar - todos nós temos alguma habilidade que se destaca, desde costura até tocar algum instrumento, e ensinar é a melhor maneira de exercitar os seus conhecimentos e aprender com os outros;

  • Mude sua rotina: frequente um novo restaurante, mude sua rota para o trabalho ou termine sua lista de tarefas em uma ordem diferente.

Autocuidado Espiritual

A espiritualidade diz respeito ao cultivo de um sentimento de paz, amor próprio e propósito, não apenas dentro de si, mas dentro de todo o  universo que está ao seu redor. Ela não necessariamente tem relação com religiões e pode ter um significado individual para cada um de nós. 

Fato é que encontrar a sua espiritualidade, da forma que faz sentido para você, pode trazer uma sensação de perspectiva e de conforto, permitindo que você se conecte com uma visão mais ampla do mundo e tenha uma maior compreensão sobre o sentido das coisas.

Pedras e cristais podem auxiliar nesse processo, sendo a Malaquita uma importante aliada desse processo. Ela é uma pedra que cura e limpa, além de  estimular também a intuição, nos tornando mais sensíveis às informações e energias que indicam nosso caminho à evolução espiritual. Uma forma de utilizá-la é através de brincos e pingentes, como esse pingente de ponta de cristal disponível em nosso site. 

Ideias para praticar:

  • Tente adotar a meditação e a atenção plena;

  • Busque entender o seu eu autêntico: quais são os seus valores, suas crenças, seus interesses?;

  • Leia e informe-se sobre o assunto - procure descobrir as mais amplas formas de conexão com a espiritualidade e qual se adequa mais ao seu perfil;

  • Participe de um serviço social ou humanista;

  • Passe algum tempo na natureza;

  • Reflita sobre o seu dia a dia, sobre suas relações e sobre os seus propósitos.

  • Não tenha medo de conhecer e de experimentar o novo.

Conclusão

O autocuidado possui inúmeras facetas e as formas de inseri-lo no seu dia a dia são inúmeras. Por isso, vale sempre lembrar que o mais importante é que você se respeite em todos os momentos e busque implantar na sua vida aquilo que pareceu mais importante para você, afinal, é exatamente sobre isso que se trata esse tema.

Cuidar de si mesmo é uma prática diária, que exige disciplina e comprometimento, mas a verdade é que nem sempre temos disposição para fazer tudo aquilo que programamos ou desejamos. Por isso, é importante entender que esses momentos são comuns e podem ocorrer, o ideal é buscar sempre compreender os seus limites, afinal, essa também é uma forma de olhar para si com mais carinho e compaixão. 



E se você quer ficar por dentro de mais informações sobre como viver uma vida mais harmoniosa e com muito mais saúde, não deixe de conferir os outros posts do nosso blog!


Voltar